Categoria aberta para nadadores transgêneros

Fina disse que uma comissão de trabalho avaliará a melhor forma de organizar essa nova categoria no próximo semestre.

A natação deve ser o primeiro esporte a estabelecer uma "categoria aberta" para atletas transgêneros, disse Husain Al-Musallam, chefe da Federação Internacional

de Natação (FINA), no domingo, 19, em Budapeste, Hungria.
Lia Thomas, a primeira mulher transgênero a ganhar um campeonato da NCAA em todos os esportes,

provocou polêmica nos EUA. Mulheres trans "não ameaçam o esporte feminino", ela afirma.

"A Fina dá as boas-vindas aos atletas. Criar uma categoria aberta dará a todos uma chance de competir no topo. A Fina deve ser pioneira neste novo empreendimento.

Al-Musalla disse que a entidade organizará uma comissão de trabalho para avaliar a melhor forma de estruturar a nova categoria no próximo semestre.