O pastor deu R$ 60 mil a Milton Ribeiro; ver papelada.

A esposa de Ribeiro vendeu um veículo para a filha de um pastor, alega sua defesa.

Uma transação financeira questionável levou a Justiça Federal a ordenar a prisão de Milton Ribeiro.

Ribeiro teria recebido um depósito estranho de Arilton Moura, um dos pastores detidos na operação que apura esquema de corrupção no MEC,

segundo indivíduos envolvidos no inquérito. Moura foi preso como parte da investigação.
O inquérito que foi conduzido pela Controladoria-Geral da União levou à descoberta do depósito (CGU).

a quarta-feira, a entidade divulgou uma mensagem na qual informava, sem fornecer outras informações, que havia enviado as

informações tanto para a Polícia Federal quanto para o Ministério Público.