Sindicato dos petroleiros contesta na Justiça o presidente da Petrobras, Caio Paes de Andrade

O Sindicato dos Petroleiros do Rio criticou a falta de experiência do indicado.O Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro

entrou com processo contra a escolha de Caio Paes de Andrade como presidente da Petrobras. Seu nome foi autorizado em 27 de maio.

Segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (1) pelo Valor Econômico, o sindicato afirmou que "a absoluta falta de experiência do réu [Andrade] o desqualifica para a presidência da Petrobras,

haja vista que sua aprovação por maioria nos órgãos deliberativos da entidade foi apenas possível devido à conduta impositiva e intransigente do Sindicato

apesar da óbvia inadequação do candidato ao cargo."
O sindicato afirmou um conflito de interesses. Andrade casou-se com a criadora de Captalys, Margot Greenman.

"A firma da ex-mulher e companheira do presidente da Petrobras tem um contrato milionário ativo com a corporação", lê-se na ação do sindicato.