Tribunal dos EUA condena cantor R. Kelly a 30 anos de prisão por abuso sexual

Acusações de extorsão e tráfico sexual foram feitas contra o artista.

Esta semana, a BBC informou que R. Kelly foi condenado a 30 anos de prisão por agredir sexualmente jovens, incluindo homens e mulheres.

Robert Sylvester Kelly, o verdadeiro nome do artista, foi condenado por extorsão e tráfico sexual em setembro do ano passado. Em sua decisão na quarta-feira

a juíza Ann Donnelly disse que o músico de 55 anos demonstrou "indiferença ao sofrimento humano".

Foi anunciado que a equipe jurídica do cantor irá apresentar um recurso.

Ao longo de seis semanas em um tribunal de Nova York no ano passado, 11 homens e mulheres testemunharam contra o artista. Quando crianças, vários deles disseram ter sido vítimas de abuso.